Empresa de Corupá completa 100 anos e recebe homenagem da Câmara de Vereadores

por adm publicado 23/03/2022 11h10, última modificação 23/03/2022 11h10

Empresa de Corupá completa 100 anos e recebe homenagem da Câmara de Vereadores

 

          A Câmara de Vereadores de Corupá, homenageou a empresa Cerâmica Herrmann, que comemora 100 anos de existência em março. A Moção de Aplausos e Congratulações foi aprovada na sessão do dia 28 de fevereiro, autoria dos vereadores Benjamin Tamanini (MDB), César Antônio Rabock (PSDB), Lairton Hartmann Muller (MDB) e Nilton Richter (MDB) e a homenagem especial ocorreu durante a sessão desta segunda-feira (21), com a entrega de uma placa e um ramalhete de flores. Os vereadores justificam a moção pelo aniversário de fundação, pelo empreendedorismo e o notável trabalho de destaque realizado na cidade.

          “Realmente a gente foi surpreendido”, disse Jurgen Herrmann, diretor-proprietário da empresa em seu discurso no Plenário Haroldo Khül, lembrando da escolha que fez, estudar e acompanhar o desenvolvimento, o crescimento da empresa. Representando o legislativo, um dos autores da homenagem, vereador César Antônio Rabock, disse do orgulho em ver a 4ª geração da família administrando uma empresa há 100 anos, destacando que, “a gente vê muitas empresas com o passar dos anos se desmanchando, principalmente quando vai mudando e alterando os comandos”.

 

Cerâmica Herrmann

 

          A Cerâmica Herrmann encontra-se na 4ª geração de administradores e teve início com a criação e colonização da Colônia Hansa Humboldt, atual Município de Corupá. Nesse período inicial, vários imigrantes europeus começaram a se instalar na colônia, dentre eles, Georg Herrmann, o qual percebeu a escassez de recursos e tecnologias para implantar uma nova cidade. Com base nisso e visando atender essas necessidades, em 18 de março de 1922, Georg, juntamente com sua esposa Klara Herrmann, iniciaram as atividades para produzir tijolos e telhas.

          Como tudo era muito primitivo no começo, todas as entregas eram feitas de carroça, bem como o sistema de preparo e prensa dos tijolos era movido por tração animal, por meio de cavalos, passando a operar com energia elétrica apenas anos depois. O tijolo fabricado na época era o maciço e foram produzidas pela Cerâmica todas as unidades que deram origem a um importante monumento de Corupá e um dos mais belos cartões postais de Santa Catarina: o Seminário Sagrado Coração de Jesus, construído em 1929 e inaugurado em 1932. No mesmo ano, Gerhadt, filho de Georg, juntamente com sua esposa Adele, assumiram a fabricação de telhas e tijolos, tocando a produção ainda com a força animal.

          Com olhar de inovação, Gerhardt tomou frente para trazer a rede elétrica para a região, a fim de desenvolver ainda mais a localidade. Outro fato importante para esse período, foi a aquisição do primeiro caminhão da empresa: Um Studebaker. Gerhardt contava, também, com a ajuda de sua filha Waltraud, a qual participou da transição das entregas feitas antes de carroça para então comandar o caminhão e otimizar as entregas pela cidade. Já em 1972, o comando das atividades passou para Dankwardt, filho de Gerhard, e sua esposa Edeltraud, onde posteriormente, em 1976, adquiriram uma retroescavadeira, que se encontra em funcionamento até hoje, e demais equipamentos para melhoria dos serviços e aumento da produção.

          A denominação Cerâmica Herrmann, como é conhecida hoje, veio em 1989. E no ano de 1994, Jürgen, filho de Dankwardt, e sua esposa Sonia passaram a comandar os negócios até os dias atuais. Nesse período, com muito esforço, dedicação e cautela, várias conquistas importantes foram possíveis, como a ampliação do galpão para parte da estrutura em pré-moldado, possibilitando aumentar a capacidade produtiva, bem como o espaço para estoque; automação da produção de tijolos e da queima dos fornos; adequação dos tijolos produzidos conforme novas normas técnicas; aquisição de um caminhão maior para aumentar a capacidade de entregas; aquisição de uma empilhadeira para passar a utilizar o sistema de paletes na produção e, posteriormente, a instalação de munk no caminhão para facilitar ainda mais as entregas.

          Além disso, a Cerâmica Herrmann possui a inscrição municipal de número 1 em Corupá e se alegra em fazer parte da construção do município. A empresa se consolidou não só como coadjuvante no desenvolvimento da cidade, mas como meio para que famílias pudessem construir os seus lares e também idealizar seus empreendimentos.

 Imagem: Vereadores e os homenageados

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.